Simbolismo – O Que é, Características, Principais Autores


O Simbolismo consiste em um movimento literário relacionado à poesia e demais artes, tendo suas origens na França, por volta do ano de 1880. Esse movimento surgiu principalmente como uma forma de se opor ao naturalismo, positivismo e racionalismo que eram comuns nessa época. O Simbolismo é marcado pelos ideais românticos e literários, e esse estilo se estendeu para as artes plásticas e para o teatro. Para saber todos os detalhes sobre esse tema, confira nosso artigo.

Características do Simbolismo

No que diz respeito às características do Simbolismo, elas podem ser resumidas nos seguintes aspectos:

  • Ampla valorização da espiritualidade humana;
  • Constante aproximação entre a música e a poesia;
  • Sensualismo;
  • Fantasia;
  • Mistério;
  • Individualismo;
  • Subjetivismo;
  • Valorização do inconsciente e do consciente humano, rompendo com as barreiras impostas pela racionalidade;
  • Emprego de diversos tipos de figuras de linguagem e demais recursos literários;
  • Harmonizações sensoriais e sonoras;
  • Adoção de uma linguagem bastante fluida e musical;
  • Forte oposição ao cientificismo, ao racionalismo e ao materialismo;
  • Total negação aos valores preconizados pelo naturalismo e pelo realismo;
  • Universo transcendental e onírico (referente aos sonhos);
  • Sublimação;
  • Misticismo;
  • Religiosidade;
  • Distanciamento das questões sociais geralmente abordadas pelo Naturalismo e pelo Realismo (movimentos literários);
  • Criação de obras de arte valorizando a intuição e descartando a racionalidade e a lógica.

O Simbolismo no Brasil

Em solo brasileiro, o Simbolismo começou no ano de 1893 mediante a publicação de duas obras do escritor Cruz e Sousa, que foram:



  • Broquéis (poesia)
  • Missal (prosa)

O Simbolismo teve destaque no campo literário brasileiro até o ano de 1922, quando ocorreu a semana de Arte Moderna e o Movimento Modernista passou a ganhar mais força.

Autores simbolistas no Brasil

Simbolismo

Com relação aos autores de maior relevância do Simbolismo no Brasil, eles são:

Cruz e Souza (1861-1898)

Pelo fato de as obras de Cruz e Sousa terem marcado o surgimento do movimento simbolista no Brasil, esse autor é considerado o precursor desse movimento literário em terras brasileiras. A obra de Cruz e Sousa é caracterizada pela presença de temas individualistas, espiritualidade e musicalidade. Suas obras mais relevantes são:

  • Tropos e Fantasias (1885)
  • Missal (1893)
  • Broquéis (1893)
  • Faróis (1900)
  • Últimos Sonetos (1905)

Alphonsus de Guimarães (1870-1921)

Esse autor é tido como um dos nomes mais relevantes do Simbolismo brasileiro, tendo sua obra marcada pela religiosidade, misticismo, espiritualidade e sensibilidade. As temáticas centrais de Guimarães foram o amor, o sofrimento, a solidão e a morte. Suas obras de maior destaque são:

  • Setenário das Dores de Nossa Senhora (1899)
  • Dona Mística (1899)
  • Kyriale (1902)
  • Pastoral aos Crentes do Amor e da Morte (1923)

Augusto dos Anjos (1884-1914)

Este é um dos poetas brasileiros mais conhecidos, sendo que em suas obras é possível identificar características do movimento simbolista e também do pré-modernismo que já começava a se manifestar no meio artístico brasileiro. Pelo fato de Augusto dos Anjos ter abordado temas considerados sombrios, ele foi chamado de “poeta da morte.” A obra de maior destaque desse autor é:



  • Eu (1912)

Autores simbolistas estrangeiros

No que se refere aos principais autores do Simbolismo em outros países, os nomes de maior relevância são:

  • Charles Baudelaire. Esse escritor é autor da obra “As Flores do Mal”, de 1857. Esse livro é tido como o marco inicial do Simbolismo na Europa;
  • Camilo Pessanha (um dos nomes simbolistas mais relevantes em Portugal);
  • Eugênio de Castro (poeta português);
  • Paul Verlaine (poeta francês);
  • Arthur Rimbaud (poeta francês);
  • Stéphane Mallarmé (poeta e crítico literário francês).

Principais nomes simbolistas nas artes plásticas

Nas artes plásticas, os nomes de maior destaque do Simbolismo são:

  • Gustav Klimt (pintor simbolista da Áustria);
  • Paul Gauguin (escultor, pintor e gravurista da França);
  • Franz von Stuck (arquiteto, pintor e escultor da Alemanha);
  • Gustave Moreau (pintor da França);
  • Carlos Schwabe (pintor da Alemanha);
  • Odilon Redon (artista gráfico e pintor da França);
  • Ferdinand Hodler (pintor da Suíça);
  • Alphonse Osbert (pintor da França).

Livros que falam sobre o Simbolismo

  • Simbolismo – Uma Revolução Poética (Álvaro Cardoso Gomes)
  • Roteiro da Poesia Brasileira – Simbolismo (Lauro Junkes)
  • Panorama do Movimento Simbolista Brasileiro (Andrade Muricy)

Além de saber sobre o Simbolismo, acompanhe nossos artigos sobre cultura geral, Língua Portuguesa e Literatura Brasileira. Todos são de grande ajuda para obter as melhores notas na escola e em provas para concursos, Enem e vestibulares.

Imagens: br.freepik.com / br.freepik.com