Machado de Assis: Biografia Resumida, Vida e Obras


Machado de Assis é um dos maiores nomes da literatura brasileira, sendo o autor mais estudado em escolas e universidades. Para compreender a importância desse grande escritor e quais as principais contribuições deixadas para o nosso país, confira nosso artigo.

Machado de Assis – biografia resumida

  • Nome completo: Joaquim Maria Machado de Assis
  • Data de nascimento: 21/06/1839
  • Local de nascimento: Rio de Janeiro – RJ
  • Formação: De origem bastante humilde e oriundo de uma família de escravos alforriados, toda instrução educacional desse grande autor foi conquistada por conta própria principalmente devido ao grande interesse pela leitura desde os primeiros anos da infância.
  • Foi casado com: Carolina Augusta Xavier de Novaes de 1869 a 1904, ano em que Carolina vem a falecer com 70 anos de idade.
  • Data de falecimento de Machado de Assis: 29/09/1908 (aos 69 anos)
  • Local de falecimento: Rio de Janeiro – RJ
  • Motivo da morte: arteriosclerose generalizada

Principais contribuições para a literatura brasileira

Machado de Assis é até hoje considerado um dos maiores gênios da literatura brasileira. Esse autor é o maior nome do Realismo brasileiro e também foi o primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras. Além de escritor, Machado atuou como jornalista, crítico e dramaturgo. Ele escreveu crônicas, contos, poemas e romances, demonstrando sua genialidade e deixando sua marca nos principais gêneros literários.

As obras de Machado de Assis exerceram profunda influência em outros grandes autores brasileiros como José de Alencar (um dos melhores amigos de Machado), Lima Barreto e Olavo Bilac. O estilo de escrita de Machado é considerado único, sendo até hoje o autor mais estudado na literatura brasileira.



Vida de Machado de Assis

Machado de Assis pertencia a uma família pobre. Era filho do pintor Francisco José de Assis e da açoriana Maria Leopoldina Machado de Assis. Ainda criança, ele perde a mãe e é educado pela madrasta Maria Inês.

Entre os 6 e 14 anos, Machado havia perdido a mãe, a única irmã e o pai. Para ajudar, a madrasta nas despesas de casa, começou a vender doces. Mesmo tendo de trabalhar, Machado jamais abandonou seu amor pela leitura e, mesmo diante das condições mais adversas, manteve-se estudando como podia. A grande facilidade de aprender fez que, além de grande conhecimento da literatura, Machado aprendesse a falar francês com a dona de uma padaria onde trabalhava.

A genialidade de Machado de Assis fez que aos 16 anos fosse publicada sua primeira obra literária, o poema “Ela”. Pouco tempo depois, Machado passou a exercer o cargo de tipógrafo na Imprensa Nacional e passou a se dedicar ainda mais à produção de textos.

Amigos de destaque

Machado de Assis usufruiu de positivas influências de grandes nomes da cultura brasileira, tais como José de Alencar, Manoel de Macedo, Gonçalves Dias e Manoel Antônio de Almeida. Esses autores, embora já fossem renomados à época, também tiverem grandes influências de Machado, deixando um grande legado para a literatura brasileira.

Casamento

Machado de Assis apaixonou-se por Carolina Augusta Xavier de Novaes, irmã de seu amigo Faustino Xavier de Novaes. Ainda que a família da moça tenha sido contrária a essa união, Machado e Carolina se casaram em novembro de 1869. No entanto, não tiveram filhos.

De acordo com os biógrafos do escritor, sua esposa foi uma grande inspiração para que Machado fosse um dos escritores de maior destaque do Realismo, já que ela lhe apresentou diversos autores portugueses que influenciaram positivamente em sua obra. O falecimento de Carolina em 1904 foi uma das grandes dores da vida do escritor, sendo que depois disso, a saúde de Machado foi ficando cada vez mais frágil. O autor faleceu em 1908.



Machado de Assis – Obras

É intensa a lista de obras de Machado de Assis, o que demonstra a grande contribuição desse gênio da literatura brasileira. Vejamos as principais delas:

Romances

  • 1872 – Ressureição
  • 1874 – A mão e a luva
  • 1876 – Helena
  • 1878 – Iaiá Garcia
  • 1881 – Memórias Póstumas de Brás Cubas
  • 1885 – Casa Velha
  • 1891 – Quincas Borba
  • 1899 – Dom Casmurro
  • 1904 – Esaú e Jacó
  • 1908 – Memorial de Aires

Poesias

  • 1864 – Crisálidas
  • 1870 – Falenas
  • 1875 – Americanas
  • 1880 – Ocidentais
  • 1901 – Poesias Completas

Contos

  • 1870 – Contos Fluminenses
  • 1873 – Histórias da Meia-Noite
  • 1882 – Papéis Avulsos
  • 1884 – Histórias sem Data
  • 1896 – Várias Histórias
  • 1899 – Páginas Recolhidas
  • 1906 – Relíquias da Casa Velha

Peças de teatro

  • 1860 – Hoje Avental, Amanhã Luva
  • 1861 – Desencantos
  • 1863 – O Caminho da Porta
  • 1863 – O Protocolo
  • 1864 – Quase Ministro
  • 1865 – As Forças Caudinas
  • 1866 – Os Deuses de Casaca
  • 1880 – Tu, só tu, puro amor
  • 1896 – Não Consultes Médico
  • 1906 – Lição de Botânica

Depois de saber sobre Machado de Assis, enriqueça ainda mais seu aprendizado. Confira aqui no nosso blog outros grandes nomes da literatura brasileira.

Imagens: revistabula.com / pensador.com