Paralelismo Sintático – O Que é, Situações em Que Ocorre Etc.


O paralelismo sintático consiste numa das matérias da língua portuguesa, sendo estudado juntamente com o paralelismo semântico. Para saber detalhes sobre esse assunto, confira nosso artigo.

O Que é Paralelismo?

Antes de saber o que é paralelismo sintático, vejamos do que se trata o paralelismo. De acordo com os estudiosos da língua portuguesa, o paralelismo consiste na correspondência de funções de gramática e semântica presentes nas orações.

Existe o paralelismo quando ocorre um encadeamento lógico e harmonioso entre diferentes partes da oração e do texto.



Dessa forma, para que o paralelismo seja observado, é preciso que ocorra semelhança e correspondência entre duas palavras, termos ou ideias com possibilidade de comparação entre si.

O paralelismo é empregado com o objetivo de facilitar a compreensão do texto, tornando a leitura mais fácil, agradável e sem riscos quanto a uma interpretação inadequada.

O Que é Paralelismo Sintático?

O paralelismo sintático, também chamado de paralelismo gramatical, apresenta uma ligação entre as funções sintáticas (por isso recebe o nome de paralelismo sintático) ou morfológicas dos elementos contidos na oração.

Exemplos de paralelismo sintático:

A) O que espero das viagens: diversão, praia e visitar lugares fantásticos.

Nessa oração, conforme é possível observar, há uma quebra no momento em que é empregado o verbo visitar ao invés de seguir a sequência morfológica com os substantivos.



Nesse contexto, o ideal seria:

  • O que espero das viagens: diversão, praia e visitas a lugares fantásticos.

B) Quando eu der a notícia, eles ficariam tristes.

Na oração acima ocorre uma mudança nos tempos verbais que prejudica a compreensão e a harmonia. No primeiro período da oração, o verbo se apresenta no futuro do subjuntivo. Isso faz com que no segundo período o verbo obrigatoriamente se apresente no futuro do presente e não no futuro do pretérito. Dessa forma, o ideal é que a oração seja escrita da seguinte forma:

  • Quando eu der a notícia, eles ficarão tristes.

Ou



  • Quando eu desse a notícia, eles ficariam tristes.

O Que é Paralelismo Semântico?

Além de saber sobre paralelismo sintático, é necessário aprender sobre paralelismo semântico para conseguir diferenciar um do outro com exatidão.

No paralelismo semântico, ocorre a correspondência de valores presentes no discurso.

Exemplos:

A) A festa durou o dia todo e algumas dores nos pés.



A oração apresenta uma interrupção. Com relação à duração da festa, o mais esperado era algo como por exemplo:

  • A festa durou o dia todo e continuou durante a noite.

B) Apreensivo, questionou o quanto a esposa gostava dele. Ela respondeu que gostava milhões de reais que ele tinha de patrimônio.

Na oração acima ocorre também uma ausência de paralelismo, já que a esposa deveria responder que gostava muito ou pouco do marido, já que não há sentido em definir uma relação entre o valor sentimental e uma quantia financeira.

Situações Comuns de Paralelismo

Paralelismo sintático

Para fixar ainda mais o aprendizado sobre paralelismo sintático, vejamos alguns exemplos nos quais o paralelismo acontece com maior frequência.

A) Tanto / quanto

  • Tanto foram chamados adultos e crianças. (sem paralelismo).
  • Tanto foram chamados adultos quantocrianças. (com paralelismo).

B) Primeiro / segundo

  • Primeiro porque eu não bebo, segundo porque detesto bebida alcoólica. (sem paralelismo).
  • Primeiro porque eu não bebo, segundo porque não posso sair com você. (com paralelismo).

C) Não só / mas também

Não só reconheceu seus erros e é a principal referência nos estudos. (sem paralelismo)

Não só reconheceu seus erros, mas também é a principal referência nos estudos. (com paralelismo)

D) Por um lado / por outro

  • Por um lado, eu discordo da atitude dele, por outro, eu penso que ele fez o que era errado. (sem paralelismo)
  • Por um lado, eu discordo da atitude dele, por outro, é possível compreender o que ele fez. (com paralelismo)

E) Ora…ora

  • Ora faz as atividades, mas não faz todas. (sem paralelismo)
  • Ora faz as atividades, ora não faz. (com paralelismo)

Para que o aprendizado seja ainda mais completo, sugerimos a realização de listas de exercícios específicos sobre esse tema.

Depois de aprender sobre paralelismo sintático, fique por dentro dos nossos demais conteúdos sobre língua portuguesa, redação e demais matérias essenciais para melhorar suas notas na escola e aumentar as chances de aprovação nas principais avaliações do país.

Imagens: blog.fluenglish.com.br / br.freepik.com