Morfossintaxe – O Que é, Análises, Exercícios e Livros


A morfossintaxe é uma das áreas da língua portuguesa mais estudadas no período escolar, especialmente durante o ensino fundamental. Os conteúdos relacionados a ela estão presentes na maior parte de importantes avaliações por todo Brasil, entre elas Enem e concursos públicos. Para saber todos os detalhes com relação a esta matéria, confira nosso post.

O que é morfossintaxe na prática?

Consiste na análise em termos morfológicos e sintáticos com relação às orações, sendo importante frisar que:

  • Análise morfológica: refere-se à análise das palavras de uma forma individual, independentemente da ligação que ocorre com outras palavras.
  • Análise sintática: analisa de maneira conjunta a relação existente entre palavras de uma mesma oração, apontando a função que cada palavra exerce.

Resumindo: o termo morfossintaxe consiste na combinação da análise morfológica e sintática das palavras.



Análise morfológica – como fazer

Trata-se de uma análise individual, fazendo a definição das palavras de acordo com as seguintes classes:

  • Substantivo;
  • Artigo;
  • Adjetivo;
  • Numeral;
  • Pronome;
  • Verbo;
  • Advérbio;
  • Preposição;
  • Conjunção;
  • Interjeição.

Vejamos dois exemplos de análise morfológica:

Exemplo 1:

Oração: Utilizamos a água sem desperdício.

  • Utilizamos = primeira pessoa do plural do verbo utilizar (nós), sendo conjugado no presente do indicativo e possuindo voz ativa
  • a = artigo definido
  • água = substantivo comum
  • sem = preposição essencial
  • Desperdício = substantivo abstrato

Exemplo 2:

Oração: Ontem, a Bruna comprou um caderno novo.

  • Ontem = advérbio
  • a = artigo definido
  • Bruna = substantivo próprio
  • Comprou = verbo comprar
  • Um = artigo indefinido
  • Caderno = substantivo comum
  • Novo = adjetivo

Conforme é possível observar, essa análise classifica as palavras de maneira objetiva e individual, sem considerar qualquer tipo de relação entre elas.



Análise sintática – como fazer

Já com relação à análise sintática, é apontada a função e relação existente entre os termos da oração, fazendo uma análise um pouco mais complexa que a análise morfológica. Essa classificação consiste em apontar:

  • Sujeito;
  • Predicado;
  • Complemento verbal;
  • Complemento nominal;
  • Agente da passiva;
  • Adjunto adnominal;
  • Adjunto adverbial;
  • Aposto.

Vejamos dois exemplos de análise sintática:

Exemplo 1:

Oração: Utilizamos a água sem desperdício.

  • Nós = sujeito oculto (expresso na conjugação do verbo utilizar – nós utilizamos)
  • Utilizamos = verbo transitivo direto
  • a água = objeto direto (água é o núcleo do objeto)
  • sem desperdício = adjunto adverbial

Exemplo 2:



Oração: A Bruna comprou um caderno novo.

  • A Bruna = sujeito
  • Comprou um caderno novo = predicado
  • Um caderno novo = objeto direto
  • Ontem = adjunto adverbial
  • A, um, novo = adjunto adnominal

Exercícios sobre morfossintaxe

1 – Aponte qual a alternativa correta com relação à análise sintática da frase:

Lúcia e Marcelo estão cansados.

A – cansados é adjetivo e objeto direto.



B – cansados é adjetivo e predicativo do sujeito.

C – cansados é advérbio e predicativo do sujeito.

Resposta correta: B – cansados é adjetivo e predicativo do sujeito.

2 – Faça a análise de morfossintaxe (morfológica e sintática) com relação à frase:

Cozinha como ninguém!

Resposta

Análise morfológica Análise sintática
Cozinha = terceira pessoa do verbo cozinhar, conjugado no presente do indicativo, voz ativa Sujeito oculto = ele, ela (classificado de acordo com a conjugação do verbo cozinhar – ele cozinha, ela cozinha)
Como = conjunção Cozinha = verbo transitivo direto
Ninguém = pronome indefinido Como ninguém = objeto direto. Ninguém é o núcleo do objeto.

3 – Faça a análise de morfossintaxe da frase abaixo:

As meninas estavam preocupadas.

Resposta

Análise morfológica

  • As = artigo definido
  • Meninas = substantivo
  • Estavam = verbo estar
  • Preocupadas = adjetivo

Análise sintática

  • As meninas = sujeito simples
  • Estavam preocupadas = predicado nominal
  • Preocupadas = predicativo do sujeito

No caso de pessoas que estão estudando para provas mais específicas como Enem, vestibulares e concursos ou simplesmente desejam saber mais sobre esta matéria, é recomendado realizar listas de exercícios especificamente sobre morfossintática e consultar os melhores livros da área.

5 dicas de livros sobre morfossintaxe

morfossintaxe

1 – Análise Sintática – Teoria e Prática (João Batista Gonçalves Pinheiro)

2 – Morfossintaxe do Português (Fernando Vieira Peixoto Filho)

3 – Lições de Português para Análise Sintática (Evanildo Bechara)

4 – Morfossintaxe (Flávia de Barros Carone)

5 – Prática de Morfossintaxe (Inez Sautchuk)

Com todas essas informações sobre morfossintaxe é possível compreender melhor essa matéria e obter excelentes notas, seja na escola, em concursos ou em avaliações em geral.

Imagens: focusconcursos.com.br / revistaestante.fnac.pt

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 11 =