Línguas Neolatinas – O Que São, Quais as Principais, Evolução


Línguas neolatinas são aquelas com origem no latim, sobretudo o chamado latim vulgar, sendo também conhecidas como línguas românticas ou línguas latinas. Para saber todos os detalhes sobre esse assunto, fique de olho no nosso artigo.

Quais São as Línguas Neolatinas?

As línguas neolatinas mais conhecidas são:

  • Italiano;
  • Português;
  • Espanhol;
  • Francês;
  • Galego;
  • Provençal;
  • Catalão;
  • Romeno.

Além dessas línguas neolatinas, há outras de menor relevância devido à baixíssima quantidade de falantes. Essas línguas são o sardo, o romanche e demais dialetos (que já são quase inexistentes).



O Surgimento das Línguas Neolatinas

linguas neolatinas

Conhecer as línguas neolatinas faz parte da nossa história, já que o nosso idioma, o português, está entre os idiomas que possuem origem no latim. Vamos saber agora um pouco mais sobre essa evolução.

O latim era o idioma oficial no período do Império Romano, uma das civilizações que concentraram maior poder na História da humanidade. O chamado latim vulgar era considerado a língua do povo, utilizada no dia a dia com finalidades muito práticas.

Esse latim mais popular era usado principalmente por pessoas analfabetas, mercadores, soldados, colonos e demais pessoas com menor instrução intelectual. Justamente por essas razões, o latim vulgar não apresentava regras específicas com relação à gramática.

Devido ao poder exercido pelo Império Romano, com grande expansão de território e descentralização política e econômica da cidade de Roma, passou a acontecer uma forte perda da unidade linguística do latim.

Isso originou os chamados dialetos que eram influenciados por outros idiomas e culturas, entre eles a dos bárbaros (povos germânicos que não habitavam o Império Romano).

Esses variados dialetos que foram surgindo com origem no latim receberam o nome de romances, sendo considerados a base das línguas românticas (línguas neolatinas) que conhecemos hoje.



Português, Uma das Línguas Neolatinas

Com suas origens no latim, o português está entre as línguas neolatinas e atualmente é falada em diferentes países:

Com suas origens no latim, o português está entre as línguas neolatinas e atualmente é falada em diferentes países:

  • Portugal
  • Brasil
  • Moçambique
  • Angola
  • Guiné Equatorial
  • Guiné-Bissau
  • Timor Leste
  • São Tomé
  • Cabo Verde
  • Príncipe

Exemplos de Palavras com Origem no Latim

Para entender ainda mais sobre as línguas neolatinas, vejamos alguns exemplos de provérbios e expressões da língua portuguesa que têm suas origens no latim.

Português: Dito e feito.



Latim: Dictum ac factum.

Português: Deus ajuda a quem trabalha.

Latim: Industriam adiuvat Deus.

Português: Errar é humano.



Latim: Errare humanum est.

Português: Onde há fumaça, há fogo.

Latim: Flamma fumo est proxima.

Português: Uma mão lava a outra.

Latim: Manus manum lavat.

Português: As aparências enganam.

Latim: Fallitur visus.

Português: Antes só que mal acompanhado.

Latim: Malo solari, quam perverso sociari.

Português: Antes sobrar que faltar.

Latim: Melius est abundare, quam deficere.

Português: Pagar na mesma moeda.

Latim: Eadem per eadem.

Português: O hábito não faz o monge.

Latim: Cucullus non facit monachum.

Português: É errando que se aprende.

Latim: Errando discitur.

Português: Quem diz o que quer, ouve o que não quer.

Latim: Cum dixeris quod vis, audies quod non vis.

Português: Cão que muito ladra, pouco morde.

Latim: Canes qui plurimum latrant, perraro mordent.

Português: Pelo fruto conheço a árvore.

Latim: Arbor ex fructu cognoscitur.

Português: O amor é cego.

Latim: Amor caecus.

Português: Amor com amor se paga.

Latim: Amor amore compensatur.

Português: A sorte está lançada.

Latim: Alea iacta est.

Português: Do fundo do peito.

Latim: Ab imo pectore.

A Importância do Latim

Políticos notáveis, poetas, escritores, filósofos e religiosos da antiguidade deixaram preciosidades em forma de escritos que até hoje são referência para as mais diversas áreas de conhecimento: medicina, direito, literatura, gramática, história, filosofia etc. Alguns nomes que se destacam são:

– Marco Túlio Cícero (escritor, advogado, político, filósofo e orador romano);

– Santo Agostinho (teólogo e filósofo, um dos grandes nomes do Cristianismo no Império Romano);

– Virgílio (poeta romano clássico);

Sêneca (advogado, escritor e intelectual romano);

– Horácio (poeta e filósofo romano);

– Júlio César (político e líder militar romano);

– Ovídio (poeta romano);

– Tito Lívio (escritor romano).

Depois de aprender sobre as línguas neolatinas, compartilhe esse conteúdo com seus amigos e fique de olho nas demais matérias que preparamos.

Imagens: unicesumar.edu.br / ebuscador.com.br