10 Classes Gramaticais – Exemplos, Como Identificar, O que são?


As 10 classes gramaticais do texto, também definidas como classes de palavras, constituem a base da Língua Portuguesa. Para saber quais são todas essas classes e o que elas significam, confira nosso post.

10 classes gramaticais da Língua Portuguesa

1 – Verbo

O verbo é responsável por exprimir um processo que acontece no tempo, servindo para indicar:

  • Ação: andar, correr, pular, comer, falar, beber, gritar etc.;
  • Existência: havia;
  • Estado: está;
  • Desejo: querer;
  • Alteração de estado: ficou (Ex.: Mariana ficou com medo);
  • Conveniência: convém. (Ex.: Aquela ação não convém ao advogado);
  • Fenômenos da natureza: amanheceu, choveu, escureceu, nevou etc.

2 – Substantivo

O termo substantivo refere-se à palavra que dá nome aos seres de maneira geral, sejam eles animados (pessoas, animais etc.) ou inanimados (objetos etc.). O substantivo possui variações de gênero, número e grau, sendo classificados na Língua Portuguesa em:



  • Substantivo derivado;
  • Substantivo comum;
  • Substantivo coletivo;
  • Substantivo concreto;
  • Substantivo primitivo;
  • Substantivo próprio;
  • Substantivo composto;
  • Substantivo abstrato;
  • Substantivo simples.

Alguns exemplos de substantivos: Luana, Marcos, caderno, máquina, mesa, livro, escritor etc.

3 – Artigo

Trata-se da palavra que é anteposta ao substantivo, empregada para determiná-lo de forma exata de acordo com suas flexões, o que indicará número e gênero. Desse modo, os artigos são classificados como:

  • Definidos: o, a, os, as.
  • Indefinidos: um, uma, uns, umas.

4 – Adjetivo

Consiste em uma das 10 classes gramaticais muito utilizadas na literatura, redações e textos jornalísticos. O adjetivo serve para caracterizar o substantivo ou demais palavras que possuem mesmo valor de substantivo.

O adjetivo aponta um estado, atributo, aspecto, propriedade ou maneira de ser dos seres (sejam eles animados ou inanimados). Por fazer referência aos substantivos, o adjetivo admite flexão de gênero, número e grau.

Exemplos: elegante, furioso, bonita, corajoso etc.

5 – Preposição

A preposição consiste numa palavra invariável (não acompanha gênero, número e grau), exercendo a função de ligar dois termos da mesma oração, fazendo a subordinação de um ao outro.  As preposições classificam-se em:



  • Acidentais: conforme, exceto, afora, durante etc.
  • Essenciais: após, trás, a, perante, entre, sobre, desde etc.

6 – Numeral

Pertencente também às 10 classes gramaticais, o numeral serve para indicar uma quantidade precisa de seres ou a posição que um determinado ser ocupa em uma série. Essa classe gramatical é classificada em:

  • Ordinais (indicação de sucessão): primeiro, quarto, nono etc.;
  • Cardinais (indicação de quantidade precisa): dez, vinte, um, sete etc.;
  • Fracionários (indicação de partes iguais em que se subdivide um todo): meio, um quarto, cinco avos etc.;
  • Multiplicativos (indicação de multiplicação) triplo, dobro, quíntuplo etc.

7 – Pronome

classes gramaticais

O pronome consiste numa palavra que varia de acordo com o gênero, número e pessoa, acompanhando ou representando um substantivo e indicando como pessoa no decorrer do discurso ou localizando-o no tempo e no espaço. Essa classe gramatical é classificada em:

  • Pronomes pessoais: eu, tu, ela, ele, nós, vós etc.;
  • Pronomes de tratamento: Vossa Senhoria, Vossa Alteza, Vossa Excelência etc.

8 – Advérbio

Trata-se de uma palavra invariável utilizada para modificar o verbo, adjetivo ou advérbio indicando determinada circunstância (tempo, causa, lugar etc.). Os advérbios classificam-se em:



  • De intensidade: muito, pouco, bastante, mais, demais, menos, completamente, excessivamente etc.;
  • De tempo: amanhã, agora, hoje, tarde, ontem, cedo etc.;
  • De afirmação: efetivamente, certamente, deveras, com certeza etc.;
  • De lugar: longe, perto, aqui, lá, aqui, além, acima, junto, adiante, ao lado etc.;
  • De dúvida: possivelmente, acaso, provavelmente, talvez etc.;
  • De negação: absolutamente, de modo algum, tampouco etc.;
  • De modo: devagar, depressa, mal, bem, à vontade, às escondidas etc.

9 – Interjeição

Entre as 10 classes gramaticais, a interjeição tem como objetivo exprimir sentimentos súbitos e emoções como, por exemplo:

  • Advertência: Cuidado! Atenção!
  • Alegria: Aleluia! Oba! Oh!
  • Desejo: Tomara!
  • Dor: Ai!
  • Alívio: Ufa!

10 – Conjunção

Trata-se de uma palavra invariável responsável por fazer uma ligação de palavras, grupos de palavras, frases e orações, indicando uma relação de sentido entre as unidades ligadas. As conjunções são classificadas em:

  • Alternativas: ora, ou etc.;
  • Aditivas: mas, e, ademais, ainda mais etc.

Aprender sobre as 10 classes gramaticais é fundamental para compreender a língua portuguesa e aumentar a qualidade na escrita e na fala. A recomendação dos professores é realizar listas de exercícios sobre todas as 10 classes gramaticais, estendendo o aprendizado para além dos bancos escolares. Vale ressaltar que esse tema é dos mais importantes em provas como Enem, vestibulares e concursos públicos.

Imagens: blogdodomcabral.blogspot.com.br / theconversation.com



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 4 =