Diferença entre Conhecimento Empírico, Científico, Filosófico e Teológico


A diferença entre conhecimento empírico, científico, filosófico e teológico é motivo de dúvida entre muitos estudantes e até mesmo professores. Para compreender de forma definitiva a diferença entre esses conceitos, confira nosso artigo.

Qual a diferença entre conhecimento empírico, científico, filosófico e teológico?

Para ficar clara a diferença entre conhecimento empírico, científico, filosófico e teológico é preciso ver isoladamente o que cada um desses conceitos significa.

Conhecimento empírico

O conhecimento empírico corresponde a conhecimento prático, sendo obtido principalmente por meio da experiência e observação. Uma das características desse tipo de conhecimento é que ele não é necessariamente comprovado pela ciência e tem como base as informações obtidas por meio de tentativa e erro.



Exemplo

Para compreender a diferença entre conhecimento empírico, científico, filosófico e teológico, basta pensar em um agricultor pouco alfabetizado que consegue realizar todas as suas atividades e gerar excelentes resultados na lavoura. Geralmente, todo conhecimento obtido é prático, pela observação, experiência diária e uso de recursos com tentativa e erro.

Conhecimento científico

Aprender a diferença entre conhecimento empírico, científico, filosófico e teológico envolve também distinguir o que é conhecimento científico. Esse tipo de conhecimento tem como base uma análise profunda de fatos reais, concretos e que possam ser cientificamente comprovados com métodos aceitos pela ciência. Nesse tipo de conhecimento, as observações e experimentações devem ser feitas seguindo um ou mais métodos científicos, que possam ser explicados e comprovados.

É essa comprovação que demonstra se determinada teoria é verdadeira ou falsa. No conhecimento científico, a razão e a lógica devem dar todo direcionamento para a análise e experimentos. Caso essa racionalidade e demonstração de informações concretas não sejam feitas com base em comprovações, trata-se de um conhecimento filosófico.

Exemplo

Para ilustrar o conhecimento científico e demonstrar a diferença entre conhecimento empírico, científico, filosófico e teológico , vamos usar o exemplo de um cientista ou médico que está pesquisando sobre a cura de determinada doença. A substância ou medicamento proposto como tratamento deve ter comprovação científica quanto à sua eficácia. Do contrário, esse conhecimento não é válido e não pode ser utilizado.



Conhecimento filosófico

Sobre a diferença entre conhecimento empírico, científico, filosófico e teológico, agora vamos ver exclusivamente o tipo filosófico. Esse conhecimento tem suas bases em reflexões e construção de ideias e conceitos.

O conhecimento filosófico tem suas origens na necessidade natural que todo ser humano tem de responder às mais diversas questões, principalmente as existenciais. Ainda que o conhecimento filosófico tenha suas bases no uso da razão, ele não precisa ser necessariamente comprovado (como acontece no conhecimento científico).

As principais características do conhecimento filosófico consistem em adotar uma análise e pensamento:

Sistemático

Busca resolver questões por meio de uma reflexão mais abrangente, utilizando autores renomados em determinada área, debate de ideias etc.



Elucidativo

Essa característica do conhecimento filosófico consiste na busca por compreender conceitos, pensamentos, problemas e demais questões da vida que não são totalmente desvendados utilizando o conhecimento científico e suas respectivas comprovações.

Crítico

No conhecimento filosófico, a análise e reflexão crítica é algo fundamental, pois antes que uma ideia, conceito ou teoria sejam aceitos é necessário usar o “filtro” da razão.

Especulativo

Todas as conclusões no campo do conhecimento filosófico devem ser baseadas em possibilidades e hipóteses, já que as teorias usadas são abstratas (não são concretas).

Exemplo



Quando são analisados e estudados pensamentos de grandes filósofos, é possível notar que as ideias deles, embora possam ser analisadas e compreendidas, não são comprovadas com a utilização de métodos científicos. Elas servem para elucidar determinados temas e embasar conceitos, teorias e raciocínios.

Conhecimento teológico

Quando o assunto é diferença entre conhecimento empírico, científico, filosófico e teológico, compreender o conhecimento do tipo teológico é mais fácil. Também chamado de conhecimento religioso, o conhecimento teológico tem suas bases na fé religiosa, no qual acredita deter uma verdade absoluta.

Exemplo

Um exemplo claro desse tipo de conhecimento são as interpretações bíblicas feitas por diferentes religiões que consideram determinada doutrina como uma verdade absoluta.

Esses conceitos simples deixam claro a diferença entre conhecimento empírico, científico, filosófico e teológico.

Resumo da diferença entre conhecimento empírico, científico, filosófico e teológico

Diferença entre conhecimento empírico científico filosófico e teológico

Para entender a diferença entre conhecimento empírico, científico, filosófico e teológico de forma ainda mais fácil, montamos essa tabela simples que ajuda na memorização.

Conhecimento O que é

Bases

Empírico Acontece a partir da interação do ser humano com o ambiente e pessoas que o rodeiam. Experiências pessoais.
Científico Abrange fatos e informações que devem ser comprovados com base em observações, análises, métodos e testes científicos. Fatos.
Filosófico Ocorre a partir das reflexões naturais do ser humano (subjetivas e imateriais). Hipóteses.
Teológico Acredita que a fé religiosa detém uma verdade absoluta. Doutrinas sagradas.

Depois de entender a diferença entre conhecimento empírico, científico, filosófico e teológico confira nossos demais conteúdos sobre educação.

Imagens: institutovitaforma.com.br / educacao.uol.com.br