Substantivo composto – O que é? Exemplos, Frases e Dicas

substantivo-composto

O substantivo composto é uma das classes de palavras mais conhecidas e estudadas na Língua Portuguesa, sendo matéria obrigatória durante o período escolar e constantemente é cobrado em diversos concursos públicos. Para saber todos os detalhes sobre o que ele significa, regras e exemplos práticos, confira nosso post.

O que é um substantivo composto?

Trata-se daqueles substantivos formados por mais de um radical ou palavras, sendo caracterizado pela composição por justaposição ou por aglutinação.

Justaposição

Consiste na junção de dois ou mais radicais sem que isso altere os elementos formadores das palavras.

Exemplos:

  • Cachorro-quente
  • Guarda-roupa
  • Couve-flor
  • Amor-perfeito
  • Beija-flor
  • Arco-íris
  • Cavalo-marinho
  • Bem-me-quer
  • Vaivém
  • Paraquedas
  • Pé-de-moleque
  • Fim de semana
  • Pé-de-meia
  • Segunda-feira
  • Água-de-colônia
  • Saca-rolhas
  • Roda-viva
  • Peixe-espada
  • Madrepérola

Aglutinação

É quando existe a fusão de dois ou mais radicais, provocando a alteração de um desses elementos formadores.

Exemplos:

  • Boquiaberto (boca + aberta)
  • Vinagre (vinho + acre)
  • Planalto (plano + alto)
  • Pontiagudo (ponta + aguda). Obs.: objeto com ponta aguçada.
  • Aguardente (água + ardente)
  • Pernalta (perna + alta)

Diferença entre substantivo simples e substantivo composto

Enquanto o substantivo composto refere-se à composição de duas ou mais palavras ou radicais, o simples é aquele que possui apenas um radical ou palavra, tornando mais fácil distingui-los.

Exemplos de substantivos simples:

  • Livro
  • Revista
  • Mesa
  • Toalha
  • Mercado
  • Papel
  • Calça

 Plural do substantivo composto

Com relação ao estudo do substantivo composto, é essencial atenção quanto às regras que determinam as oscilações que ocorrem no plural. Essas regras são:

1 – Os substantivos compostos que são ligados sem o hífen formam uma única palavra e fazem o plural como se esses fossem substantivos simples.

 

Exemplos:

  • Girassol – Girassóis
  • Aguardente – Aguardentes
  • Lobisomem – Lobisomens
  • Passatempo – Passatempos

Com relação aos substantivos compostos em que seus elementos são ligados por hífen, é possível que ocorra a variação de ambos os elementos, somente um dos elementos ou nenhum dos elementos de acordo com as regras a seguir:

  1. No caso de substantivo composto que é formados por palavras repetidas (ou muito parecidas), somente o segundo elemento varia:

Exemplos:

  • Tico-tico / tico-ticos
  • Teco-teco / teco-tecos
  • Reco-reco / reco-recos
  • Bangue-bangue / bangue-bangues
  • Pingue-pongue / pingue-pongues
  • Lambe-lambe / lambe-lambes

 

  1. Nos substantivos compostos onde os elementos se apresentam unidos por preposição, somente o primeiro elemento varia.

Exemplos:

  • Couve-de-bruxelas / couves-de-bruxelas
  • Pimenta-de-cheiro / pimentas-de-cheiro
  • Feijão-de-corda / feijões-de-corda
  • Estrela-do-mar / estrelas-do-mar
  • Cravo-da-índia / cravos-da-índia

Obs.: essa mesma regra deve ser considerada no caso de substantivo composto em que não ocorre o hífen.

Exemplos:

  • Mula sem cabeça / mulas sem cabeça
  • Camisa de força / camisas de força
  • Pão de ló / pães de ló

 

  1. Nos compostos de grão, grã e bel que são seguidos de substantivo, há variação apenas no segundo elemento:

Exemplos:

  • Grã-duquesa / grã-duquesas
  • Grão-duque / grão-duques
  • Bel-prazer / bel-prazeres
  • Grão-mestre / grão-mestres

 

  1. Nos compostos onde ocorre a formação por dois substantivos, caso o segundo elemento limite ou determine o primeiro, indicando semelhança, tipo ou finalidade, a variação acontece apenas no primeiro elemento.

Exemplos:

  • Caneta-tinteiro / canetas-tinteiro
  • Banana-maçã / bananas-maçã
  • Peixe-espada / peixes-espada
  • Manga-rosa / mangas-rosa
  • Samba-enredo / sambas-enredo
  • Salário-família / salários-família

Dica: pelo fato de nem sempre ser fácil verificar se o segundo elemento restringe ou limita o primeiro, uma sugestão é dotar o seguinte procedimento: se a relação entre os dois substantivos não for aditiva (busque acrescentar a conjunção e), certamente o segundo substantivo estará restringindo ou limitando o primeiro.

Exemplos:

  • Peixe-espada não é peixe e
  • Banana-maçã não é banana e maçã.

 

  1. Nos compostos que apresentam formação de verbo seguido de substantivo no plural ou de palavra invariável, nesse caso ambos os elementos ficam invariáveis.

Exemplos:

  • O porta-luvas / os porta-luvas
  • O conta-gotas / os conta-gotas
  • O saca-rolhas / os saca-rolhas
  • O tira-dúvidas / os tira-dúvidas
  • O lava-rápido / os lava-rápidos
  • O caça-dotes / os caça-dotes
  • O pisca-alerta / os pisca-alertas
  • O vale-tudo / os vale-tudo

 

  1. No caso dos demais substantivos compostos e também para os derivados por prefixação em que o prefixo esteja ligado ao segundo elemento por hífen, é necessário observar: apenas devem ir para o plural os elementos representados por substantivos, numerais e adjetivos. Prefixos, verbos e advérbios devem ficar invariáveis.

Quando variam os dois elementos:

  • Cabra-cega / cabras-cegas
  • Couve-flor / couves-flores
  • Lugar-comum / lugares comuns
  • Carro-forte / carros-fortes
  • Mão-boba / mãos-bobas
  • Puro-sangue / puros-sangues
  • Quinta-feira / quintas-feiras
  • Montanha-russa / montanhas-russas
  • Primeira-dama / primeiras-damas
  • Boia-fria / boias-frias
  • Obra-prima / obras-primas
  • Boa-vida / boas-vidas
  • Segundo-tenente / segundos-tenentes
  • Sofá-cama / sofás-camas

Quando apenas o segundo elemento varia:

  • Trava-língua / trava-línguas
  • Guarda-roupa / guarda-roupas
  • Vice-reitor / vice-reitores
  • Guarda-comida / guarda-comidas
  • Ex-aluno / ex-alunos
  • Guarda-chuva / guarda-chuvas
  • Bem-amado / bem-amados
  • Beija-flor / beija-flores
  • Abaixo-assinado / abaixo-assinados
  • Vira-lata / vira-latas
  • Sempre-viva / sempre-vivas
  • Bate-papo / bate-papos
  • Ganha-pão / ganha-pães
  • Quebra-cabeça / quebra-cabeças

Obs.: nos casos em que a palavra guarda lembrar a pessoa (aquela que guarda, vigia ou protege), e estar seguida de adjetivo, será substantivo e, por isso, irá para o plural.

Exemplos:

  • Guardas-civis
  • Guardas-noturnos
  • Guardas-florestais

 

  1. Nos casos das frases substantivas, elas ficam invariáveis.

Exemplos:

  • O leva e traz / os leva e traz
  • O maria vai com as outras / os maria vai com as outras

Dicas para ensinar substantivo composto

Para tornar mais fácil o ensino desse tipo de substantivo, é essencial seguir as seguintes dicas:

Listas separadas de exercícios

Pelo fato de os substantivos compostos apresentarem várias regras quanto às variações do plural, é interessante passar aos alunos listas de exercícios separadas de cada uma delas para que eles possam assimilar bem o conteúdo aos poucos.

Geralmente quando as regras são ensinadas juntas, os alunos confundem bastante as oscilações. Listas de exercícios abordando todas as regras juntas devem ser passadas após uma boa assimilação das regras individuais.

Fazer colagem de palavras

Uma das atividades interessantes para fixar o conteúdo quanto a esse tipo de substantivo é fazer colagem de palavras (recortadas de jornais ou revistas) em cartolinas, deixando-as bem coloridas e fazendo com que os alunos formem as palavras.

Com todas essas informações e exemplos, fica muito mais fácil estudar sobre o substantivo composto e as suas respectivas regras.

Gostou do nosso artigo sobre Substantivo composto? Compartilhe!

Imagem- amenteemaravilhosa.com.br 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *